terça-feira, 5 de maio de 2009

ANJO DEVASSO

Filomena tem trinta e três anos, casada a sete, mãe a quatro. Criatura risonha, não muito bonita, mas de um certo charme.
Ela pega cedo no batente - às cinco da manhã faz o café do maridão e depois de acompanha-lo à porta, despede-se e volta para cama; dorme mais duas horas e levanta de novo, dando prosseguimento aos demais afazeres domesticos. Às nove, tudo nos trinques, deixa a filhinha na sala brincando com a televisão ligada, tranca-se no quarto só de calcinha e sutiã, caminha em direção à webcam do computador e inicía uma atividade secreta paralela à rotina diária.
"ANJO DEVASSO ESTÁ ON LINE."
PICA LOUCA DISSE:
- Ôi, meu anjinho, por que não apareceu ontem?
ANJO DEVASSO DISSE:
- Ontem foi domingo, maridão tava em casa.
PICA LOUCA DISSE:
- Tô de pau duro. Mostra aí os peitão!
ANJO DEVASSO DISSE:
- Vc já teve sua chance, agora é a vez de outro.
CACETA ENORME DISSE:
- Ôi, gostosa, me convida pro reservado que eu te mostro uma coisa.
ANJO DEVASSO DISSE:
- Depende do argumento.
NEGÃO TARADO DISSE:
- Se o probrema é argumento, tenho um de 25 cm.
ANJO DEVASSO DISSE:
- Hummmm, Gostei desse argumento! Vamos!
A deliciosa vida dupla de Filomena começou quando sua avó deu-lhe uma receita de cocada chamada doce melado. Dias depois ela esqueceu as medidas dos ingredientes e resolveu procurar no Google, cometendo um acidente que tornou o dia-a-dia bem mais saboroso - Filomena teclou p, de pecado, ao invés de m, de melado, e assim conheceu o site Doce pecado.
No primeiro momento ficou chocada com a ousadía daquelas mulheres exibindo-se em cabinas eletrônicas conhecidas como chat. No entanto, imaginar-se uma diva assediada por tantos homens ao mesmo tempo que nem elas a excitava desde a pontinha do dedão do pé até o último fio de cabelo. Não tardou em cadastrar-se no site e virar "Anjo devasso", uma mulher cujo atrevimento a propria Filomena desconhecia. Usando lingeries transparentes e calcinhas que cabiam numa caixa de fosforos, deixava sem folego os marmanjos que atraía para o reservado. Quanto mais almentava a legião de fans, mais crescia o fascinio de Filomena, mais girava o carrossel do circulo vicioso.
POÉTA ERÓTICO DISSE:
- Quero me perder-me na sua gruta!
ANJO DEVASSO DISSE:
- Ai, que lindo! Vc é poéta mesmo?
POÉTA ERÓTICO DISSE:
- Sou tudo que vc quiser.
ANJO DEVASSO DISSE:
- Então faz um poema prá mim!
POÉTA ERÓTICO DISSE:
- Vc é minha cadela e eu sou seu macho, quero-te toda enfiada no meu mastro. Gostou ?
ANJO DEVASSO DISSE:
- Amei! Vem que sou toda sua!
O mundo virtual de Filomena é desligado religiosamente às 17 hs, quando o maridão chega do trabalho. Lá fora a vida segue o rumo corriqueiro da periferia - carros estacionados nas calçadas, feirantes gritando os preços das mercadorias, os mesmos rostos indo e vindo dos mesmos lugares e desocupados comentando a vida alheia.
- Qualé mermo ? - já reparou que Filomena agora só vive enfiada dentro de casa ? Não sai prá nada!
- Também pudera, uma baranga daquela, com aqueles peitão, vai ver tá com vergonha de sair na rua. Há, há, há, há !

15 comentários:

Bran disse...

Bela rima a do Poeta Erótico!
Brigadaço pelo comentário no meu Blog! Continua indo lá que tem umas dicas de Leitura, música e Vídeo. Além, é claro, de minha indecifrável poesia, hehehe

Beti Timm disse...

Menino, tô achando que a Anjo Devasso, é a minha "senhorinha" lá do meu conto, que deu um "pé na bunda" do porquinho do marido dela, e agora vai ser o "Anjo Devasso", em tempo integral! A vida está repleta de "Anjos", escondidos!

Beijinhos

Rodrigo disse...

Que texto safado. A safadeza impera!

Nanda Assis disse...

cada um que arrume a sua verdadeira razão de viver, a dela foi essa, e o maridão que se lascou.

bjosss...

SaPaToS De LaTa disse...

Rapaz, que anjo devasso da porra é esse

Beatriz disse...

Engraçadiiinho poxa. Belo jeito de criticar (?)
Beeeijo jorginho

Enzo de Marco disse...

kakak porra jorge de forma hilariante vc faz uma leitura da sociedade...
o Foda é que conheço uma filomena e que é mais ou menos isso mesmo
, dona de casa senhora respeitosa , 3 filhos adolescentes e ela vida dulpa, não a culpo na verdade ainda curto essa vida meio batman de ser , otario são os maridos que preverem ter uma santa em casa resguardando a moralidade da vida cristã

saudações

Rafael Medeiros dos Santos disse...

João Cérebro é um bicho chato. Não gosta de nada, nem de ninguém, e tem a estranha e perigosa mania de ver a si mesmo como o Supremo Ente do Universo. Suspeito até que João Cérebro, quando leu a Torá, caminhou por um viés que só ele conhece, e chegou à seguinte conclusão: Javé era ele próprio.[...]

leia o restante do texto em
http://rafaelmedeirosdossantos.blogspot.com

Cris disse...

Oi, Jorgito...

Um beijo pra você e outro pra Dona Filomena...

Beijo, rapaz

Paulo Bono disse...

Sensacional, Batboy!
Gostoso mesmo.
E viva a Filomena, a puta da teta nada pequena.

abraço

Val disse...

rapz... deu sinal de vida!!! aleluia!!!!

Elvira disse...

Olá, Jorginho, valeu pela visita ao meu blog...

Eu já tinha lido a história de Filomena. rsrs

Ô! O marido não dá atenção... rsrs

T+

anin disse...

E ainda dizem que mulher não sabe fantasiar.
Gostei do seu humor - no conto e nas tirinhas.

Joseane Rosa disse...

muito bom esse texto, a leitura critica da sociedade moderna impera nele.

Miguelina Astrôncia disse...

imagina que sem graça a vida sem esses pequenos segredos...

acho que todo tem tem seu lado "anjo devasso".

:D